Leia este texto, que tem séculos de existência, e compare com a situação atual

A poesia dos goliardos (Carmina Burana)

"Quando é o ouro que impera 
o direito degenera, 
ao indigente é negado 
o direito comprovado;
para o rico não falta juiz 
a vender-se por pratas vis; 
para o rico, o juiz bonzinho 
sempre dá algum jeitinho; 
quando é o ouro que pleiteia, 
a sentença nunca é feia.  

Quando o ouro é quem manda, 
a justiça enfraquece, 
toda causa que desanda 
vitoriosa aparece,
o pobre perde seu direito 
quando o ouro faz o pleito; 
seu processo já naufragou 
se ao juiz nada pagou; 
a justa causa se declina

só por falta de propina.
"

Parece atual não é? No entanto este texto tem vários séculos de existência.  
Parece mesmo que a natureza humana nunca muda. 
Mais informação sobre os Goliardos que eram uma espécie de rebeldes da Idade Media

Os Goliardos no Wikipedia