Fundo Escuro
                                            Acesse o link no fim desta página para saber sobre a origem da escrita.

The writing animal

 

 

O animal que escreve

Since the invention of writing, about 9000 years ago man has used this communication mean for many purposes.

In the beginning writing was used mainly in business, like stock control, import and export of goods and other commercial uses.

Who started this communication way, according to history, were the ancient Sumerians.

Trough the whole antique age, writing was mainly an administrative matter, but there were big libraries with thousands of poems, epopees, stories and legends perpetuating those peoples' culture and folklore. The Alexandria library was famous all over the ancient world and was completely destroyed because of wars,ignorance, prejudice and the invasion of barbarian peoples. It was a huge loss. It is said that there were thousands of books lost forever.

However, Culture is a self-living thing and if a book disappears, other books replace it.

Men are always making registers about their thoughts, actions and beliefs in books, perhaps the most effective mean of  preservation for the future until now.

Along the centuries writing has been irreplaceable as a communication media. Many will not agree with this for lack of a better observation of facts.

They will say that, nowadays, radio, TV and Internet have replaced writing. They forget that all these modern communication vehicles are still supported by writing. TV and radio programs are based on scripts elaborated by the production team that are written texts of course.

The WEB itself is fully based on written pages, as well as the communication between people is made in writing, in most cases.

Of course, as time went by, the writing style has changed a lot according to new uses and means, that the most modern ones call “media”, but if the contents are different, still remain the use of written messages to communicate, keeping an use that began centuries ago.

There’s not perspective of substitution by another thing.

Human being is, basically, a "speaking and writing animal" by necessity and historical vocation.

 

Desde a invenção da escrita, por volta de 9000 anos atrás, o homem tem se comunicado por esse meio com as mais diversas finalidades.

A princípio a escrita era usada prioritariamente, para controle de estoques, importação e exportação de mercadorias e outras finalidades comerciais. Quem começou esse tipo de escrita contábil, segundo consta, foram os antigos Sumérios.

Na antiguidade toda a escrita tinha uma função principalmente administrativa, mas já existiam também enormes bibliotecas com obras de arte como poemas, epopeias, contos e lendas, perpetuando a cultura e folclore dos povos antigos. Existiu uma biblioteca famosa em todo o mundo na cidade de Alexandria que foi totalmente destruída por causa de guerras, ignorância, preconceitos e invasões de bárbaros. Foi uma perda enorme pois consta que havia milhares de livros naquele lugar, que desapareceram para sempre.

No entanto a Cultura tem vida própria e se um livro desaparece, aparecem outros no seu lugar. Os homens estão sempre registrando seus pensamentos e crenças em livros, talvez até hoje o meio mais efetivo de preservá-los para o futuro.

Ao longo dos séculos a escrita tem sido insubstituível como meio de comunicação. Muitos podem discordar desta afirmação, por falta de uma observação mais apurada.

Dirão que hoje em dia o rádio, a televisão e a internet substituíram a escrita. Mas na verdade estes modernos meios de comunicação ainda usam, a escrita como apoio. Os programas de rádio e televisão são feitos baseados em um roteiro elaborado por uma equipe de produção, que é naturalmente um texto escrito.

A própria internet é toda apoiada em textos escritos, assim como a comunicação entre pessoas via internet é feita em sua imensa maioria por escrito.

É claro que no decorrer do tempo, dos costumes e com novos meios de comunicação, que os mais moderninhos chamam de “mídia”, a forma de escrever mudou muito, mas se os conteúdos e palavreados mudaram, permanece sempre o uso de mensagens escritas perpetuando um uso que começou há milhares de anos. E não há perspectiva de substituição por outra coisa. O ser humano é, basicamente, um “animal falador e escritor” por necessidade e vocação histórica.

 

Some notes on the text: 

You may have realized the use of “peoples”. If you now that “people” is the plural of “person” you may think it was a mistake.
But when you talk about inhabitants of a country , you may use “peoples” meaning it.
 Otherwise you must always use “1 person – 2 people – 3 people – and so on.

 

Você deve ter notado o uso de "peoples". 
Se você sabe que "people" é o plural de person (pessoa  /pessoas), Você pode pensar que ha um engano. Mas quando se fala dos "povos do mundo" usa-se "peoples".

Em qualquer outro caso use 1 person, 2 people, 3 people..etc OK?

A historia da escrita pode ser lida em The History of Writing onde você encontra também vários alfabetos antigos.